Tuesday, July 4, 2017

Fisioterapia no Pré-Operatório de cirurgia ortopédica

A fisioterapia como um todo carece de evidências científicas. E isso torna mais difícil o reconhecimento e valorização do trabalho de reabilitação fundamental no processo de recuperação de uma cirurgia ortopédica. Visto isso, e também durante minha prática profissional, me deparo constantemente com a necessidade dos meus pacientes que vão fazer uma cirurgia ortopédica eletiva em melhorar o quadro clínico geral diminuindo dor, melhorando força e arco de movimento para vir a ter uma recuperação mais rápida e com menos sequelas do processo cirúrgico e de imobilização pós-cirúrgico. 


A fisioterapia pode e deve atuar no pré-operatório e no pós-operatório imediato sim. É só imaginar o sucesso da cirurgia se o paciente tem uma boa estabilização lombar para uma cirurgia de hérnia de disco lombar ou um quadríceps bem equilibrado com os ísquios tribais no que se refere a força e alongamento, para uma cirurgia de joelho. 


No pós-operatório imediato também é negligenciado, pois a redução de edema, hematomas e mobilização passiva precoce para recuperação da amplitude de movimento e prevenção de formação de aderências na fáscia muscular são extremamente importantes.


O caminho está aberto pois as cirurgias cardíacas e pulmonares e muitas equipes de cirurgia bariátrica (redução do estômago) já reconhecem a importância da presença do fisioterapeuta na equipe multidisciplinasr para atuar antes e depois de um processo cirúrgico desse porte.

Para mim, como profissional da área da saúde, o objetivo final tem que ser a melhora do paciente, o resto é consequência de um bom trabalho.

Dra Cristiane Cavalcante
Fisioterapeuta